Como organizar plantões na clínica veterinária

Como organizar plantões na clínica veterinária

Saber como organizar os plantões na clínica veterinária é um dos constantes desafios na vida de um proprietário. Isso porque, é necessário ter tempo e muita habilidade de liderança para fazer com que o time compreenda a importância de cumprir horários para garantir a satisfação dos seus clientes.

Por isso, é necessário investir em diversas técnicas para proporcionar aos colaboradores um ambiente agradável e sadio para se trabalhar. Assim, você evita o turnover  e o absenteísmo no trabalho e ainda garante que todos os serviços prestados serão de qualidade.

Vamos conferir algumas dicas para organizar os plantões na clínica veterinária? Leia mais agora mesmo!

Utilize a tecnologia a seu favor investindo em um bom softwarede gestão

Invista em um bom software de gestão de negócios para a sua clínica veterinária porque ele é capaz de facilitar e otimizar a sua rotina. Veja as suas principais funcionalidades:

  • montar as escalas de trabalho de forma automática;
  • avaliar a satisfação dos colaboradores;
  • apresentar indicadores importantes que ajudam na tomada de decisão estratégica;
  • fazer o controle de ponto e toda a gestão de recursos humanos;
  • cadastrar e acompanhar o histórico dos seus clientes;
  • providenciar as trocas de turno com apenas alguns cliques;
  • notificar, aprovar e reprovar os agendamentos;
  • conferir se há qualquer tipo de conflito de horário entre os funcionários;
  • controlar o pagamento de horas extras e;
  • muito mais.

Além disso, ao investir em um bom software você elimina todas aquelas planilhas manuais que é bem difícil de controlar. Sem contar que, quando há alguma mudança nos horários, o sistema envia automaticamente um lembrete com o motivo da troca para o e-mail ou telefone de toda a sua equipe. Assim, todos ficam por dentro das mudanças e sabem exatamente o que está acontecendo na clínica.

Conheça e tenha empatia pelas preferências dos plantonistas

Ainda falando sobre um bom sistema de gestão, ele permite que os funcionários cadastrem a sua agenda. Assim, se você precisar de uma determinada pessoa no dia 10 e ela tiver um compromisso, automaticamente, a agenda bloqueia essa data e o redireciona para o trabalho no dia 11. No dia 10, o software busca outro funcionário que esteja disponível.

Esse processo evita os papéis, e-mails, SMS e diversas mensagens no WhatsApp informando que “chefe, no dia 10 eu tenho um compromisso e não poderei ser plantonista”.

Além de ser uma alternativa totalmente sustentável você ainda evita perder algum papel ou esquecer de algum pedido de folga que foi feito verbalmente da equipe — o que pode prejudicar (e muito) o negócio.

Por isso, é muito importante conhecer as preferências dos plantonistas. Oferecer horários flexíveis ou que sejam da sua preferência ajuda a você manter a equipe motivada. Dessa maneira, você organiza os plantões de uma forma que fique bom tanto para o plantonista quanto para a clínica.

Contrate somente profissionais que tenham perfil de plantonista

Outro detalhe muito importante para que você tenha sucesso no plantão é que é preciso contratar somente bons profissionais que tenham o perfil de plantonista. Afinal, não são todos os veterinários que estão preparados para exercer esse cargo.

Isso porque, não basta ser um bom profissional veterinário e amar os animais. É preciso ter preparo físico e psicológico para aguentar momentos críticos. Afinal, qualquer sobrecarga emocional pode acarretar em um erro fatal.

Já imaginou o plantonista cometer uma negligência com algum animal, levando-o ao óbito somente por estar tão cansado que não consegue se concentrar?

Além disso, o profissional precisa ser curioso, estar sempre buscando tendências do segmento e ter ótimas habilidades de comunicação para saber lidar com os mais diversos públicos — ter respeito, atenção e empatia é fundamental.

Invista em ótimas estratégias de comunicação interna para motivar a equipe

Sabemos que lidar com a rotina plantonista não é fácil: a correria, a pressão e o estresse causam cansaço físico e emocional. Portanto, para evitar que a equipe fique desmotivada ou até mesmo não atenda bem os clientes, invista em ótimas estratégias de comunicação interna.

Afinal, o plantão médico normalmente representa um sacrifício profissional: é preciso abdicar finais de semana, estar disposto a atender ao domicílio em caso de urgência e aguentar as pressões do trabalho (que pode salvar vidas).

– Você também pode gostar de ler: com a síndrome de burnout está afetando os médicos-veterinários no país!

Então, saiba que quanto mais a equipe estiver feliz no seu ambiente de trabalho, mais facilmente fidelizará os clientes e você terá lucro nos negócios.

Portanto, aplique pesquisas de satisfação de forma constante para avaliar o grau de lealdade do público e para analisar como está o clima organizacional. As pesquisas são ótimas ferramentas para conferir os pontos fortes e fracos do negócio na percepção dos seus funcionários.

Como resultados, você cria um bom planejamento estratégico de comunicação voltado em atender os pontos cruciais da pesquisa. Você pode investir em:

  • eventos de integração;
  • cursos;
  • gamificação;
  • momentos de descanso durante a jornada de trabalho;
  • descontos em academias;
  • ginástica laboral;
  • acompanhamento psicológico;
  • meditação, yoga e outras técnicas para aliviar o estresse;
  • massagens e terapias alternativas;
  • participação em feiras do segmento;
  • viagens corporativas;
  • palestras sobre as tendências de mercado;
  • webinar sobre um novo produto interessante;
  • bonificação por desempenho;
  • brindes e presentes personalizados para os destaques e;
  • muito mais.

Saber como organizar os plantões da clínica veterinária é sinônimo de fidelizar clientes e ver o negócio expandir. Isso porque, quanto mais organizado for o ambiente da sua clínica, mais facilmente os clientes serão bem atendidos e socorridos.

Por isso, neste post, apresentamos algumas dicas sobre como organizar plantões na clínica veterinária. O que você achou das nossas ideias? Gostou? Então, aproveite para conferir agora mesmo 10 aplicativos para clínicas veterinárias que podem facilitar (e muito) a sua rotina! Nos vemos por lá, tudo bem?

Deixe uma resposta

Fechar Menu