Guia do Pet Sitter: Tudo para você atuar nessa profissão

Guia do Pet Sitter: Tudo para você atuar nessa profissão

De acordo com o Instituto Geral de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem mais de 139,3 milhões de animais de estimação. Além disso, precisamos considerar que, atualmente, os bichos fazem parte da família. Então, certamente, se você investir nessa área de atuação (como é o caso do Pet Sitter), terá grandes chances de ter sucesso na carreira.

Pet Sitter, ou babá de animais, é uma profissão que está em alta. Afinal, na correria da rotina, os donos dos pets não têm muito tempo para passear e ficar com eles, principalmente durante o dia (período em que costumam trabalhar). Isso significa que os pets que ficam em casa sozinhos, podem ficar estressados, adoecerem e destruir a mobília ou o terreno de onde vive.

Por isso, para muitos donos de pet, contratar um Pet Sitter é super importante. Vamos aprender mais sobre a profissão? Venha conosco que apresentaremos um guia completo sobre o assunto!

Veja qual é o perfil do público-alvo

O público-alvo são pessoas que moram, principalmente, em apartamentos e que passam a maior parte do dia fora. Assim, não têm tanto tempo para se dedicar aos cuidados e passeios com o animal — o que pode torná-lo depressivo e estressado.

Então, esses buscam uma alternativa para deixar o cão (ou o gato) mais ocupado durante a sua ausência.

Entenda o que Pet Sitter faz

O Pet Sitter é responsável por cuidar do animal enquanto o dono está ausente, sendo que a frequência é definida em comum acordo. Veja algumas atividades que o profissional pode fazer:

  • Realizar passeios;
  • Estimular os animais a fazerem atividades físicas;
  • Realizar a escovação dentária;
  • Alimentar e dar água para os animais;
  • Brincar muito;
  • Desenvolver atividades que estimulem as suas dificuldades;
  • Realizar a higienização dos itens do animal (como brinquedos, tigelas e outros);
  • Realizar a higienização sanitária do ambiente;
  • Aparar unhas e higienizar as orelhas;
  • Escovar os pelos;
  • Dar muito carinho e atenção;
  • Dar banho;
  • Identificar lesões ou irregularidades na pele;
  • Administrar medicamentos (quando necessário);
  • Outros.

Veja o que é preciso para se tornar um Pet Sitter

Ter paixão e amor por todos os animais

Para cuidar de um membro da família é preciso ter, em primeiro lugar, muito amor, carinho e respeito pelos animais. Ter paixão pela atividade é fundamental para executar um bom trabalho como babá.

Ter paciência e estudar muito sobre o comportamento animal

Imagine que você precisa cuidar de um cachorro de porte grande que tenha 3 anos, que vive em apartamento e está obeso. No entanto, ele não foi estimulado a passear na rua quando pequeno e não gosta disso. Certamente, o trabalho do Pet Sitter é muito mais trabalhoso do que cuidar de um animal que ama um passeio, certo?

Então, é sempre fundamental ter paciência e estudar sobre o comportamento animal. Assim, fica mais fácil propor estratégias mais complexas para os casos mais difíceis.

Ser ético

A ética é muito importante na profissão de Pet Sitter porque os donos dos animais abrem as suas casas para deixar (normalmente) um estranho entrar. Então, respeitar o espaço e conhecer limites é essencial para desenvolver um ótimo trabalho.

Afinal, é preciso cuidar para não expor a vida dos clientes e o que acontece por lá, precisa ficar lá. Jamais poste uma foto sem a autorização do cliente, tampouco, comente algo nas redes sociais que possa prejudicar a família de alguma maneira.

Da mesma maneira, ter ética com os animais também é fundamental: respeite as suas diferenças e limitações e jamais proponha algo que possa causar desconforto ou dor.

A importância de se especializar

Desenvolver habilidades e competências é essencial para compreender o comportamento dos animais e saber como trabalhar. Afinal, é fundamental entender a linguagem dos animais e como se comunicam para realizar um trabalho qualificado.

Atualmente, existem diversas instituições que oferecem cursos profissionalizantes para se tornar um Pet Sitter de sucesso. Um deles é o Pet Comportamento, que acontece dentro da maior feira pet e veterinária do Brasil, a PET South America. Confira aqui!

Além disso, é importante estar sempre estudando e não “estacionar”, realizando apenas um curso básico. Ler muitos livros, assinar o canal de diversos Pet Sitter no Brasil e exterior, acompanhar as tendências e participar de eventos no mundo pet é essencial. Além de adquirir muito conhecimento você pode divulgar essas informações no seu portfólio para atrair ainda mais clientes.

Aprenda como oferecer o serviço

Ter uma boa divulgação é essencial para tornar o seu negócio mais conhecido e você conquistar clientes. Veja um passo a passo para oferecer o seu serviço:

  1. Faça muitos cursos para ter material para divulgar;
  2. Mapeie as personas do seu negócio e determine o público-alvo;
  3. Estude a concorrência e o mercado;
  4. Crie um nome, um logotipo e registre a sua marca;
  5. Crie um e-mail profissional;
  6. Faça fotos profissionais para ter material próprio para divulgar;
  7. Crie um site ou um blog;
  8. Crie páginas comerciais nas redes sociais (principalmente Facebook e Instagram);
  9. Crie um calendário de conteúdo para divulgar em todos os canais (pelo menos 3 posts por semana);
  10.  Crie conteúdos interessantes;
  11. Explore diversos tipos e formatos de conteúdos (blogpost, social post e outros);
  12. Mensure os resultados de cada mídia para compreender quais são os conteúdos mais interessantes para o seu público;
  13. Invista também na mídia off-line (como panfletos, jornais e revistas de bairro);
  14. Faça parcerias com veterinárias e pet shops da sua região;
  15. Participe de todos os eventos pets para divulgar o seu trabalho.

Pet Sitter é uma profissão em alta e que dá um retorno financeiro interessante. Afinal, as pessoas consideram os seus animais como verdadeiros membros da família e nem sempre têm tempo para atender as suas necessidades básicas. Então, o profissional pode ajudar com essas demandas, tornando tanto a vida da família quanto do animal mais feliz e repleta de amor e carinho.

Você gostou do nosso conteúdo sobre Pet Sitter? Então, aproveite para entender mais sobre a profissão de adestrador. Boa leitura!

Deixe uma resposta

Fechar Menu