Neurogeriatria em cães e gatos ainda é área pouco explorada na medicina veterinária

Neurogeriatria em cães e gatos ainda é área pouco explorada na medicina veterinária

Muitas pessoas acreditam que cães e gatos mais velhos, principalmente os que já passaram dos nove anos, não possuem mais condições ou não têm mais direito a receber tratamento, mas não é assim. De acordo com Alex Adeodato, diretor do CRV imagem, esse é um julgamento precipitado e errôneo.

“A gente têm o desafio cultural das pessoas realmente entenderem aquele animal como um animal que ainda tem vida pela frente e tem capacidade de melhorar a partir de um diagnóstico de tratamento. Então isso é uma mudança de posicionamento tanto dos médicos veterinários quanto dos responsáveis”, afirma.

Quer saber como incentivar a doação de sangue na clínica veterinária? Então leia mais nesse artigo.

Além disso, a neurologia é uma das áreas que ainda espanta alguns pacientes de realizar a visita, e também demanda custos mais elevados de atendimento com tomografias e ressonâncias, mas o objetivo é que seja uma consulta mais acessível a todos.

Veja um pouco mãos sobre neurogeriatria no vídeo acima e let’s talk!

Deixe uma resposta

Fechar Menu