Entenda mais sobre o mercado de acupuntura veterinária

Entenda mais sobre o mercado de acupuntura veterinária

A acupuntura veterinária foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) ainda em 2014. O Presidente da Associação Brasileira de Acupuntura Veterinária (Abravet), Jean Joaquim, afirma que há cerca de 500 acupunturistas no Brasil e que eles estão concentrados no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

A acupuntura veterinária é uma técnica fundamental para promover mais qualidade de vida e longevidade para os animais. Vamos aprender mais sobre esse mercado e suas oportunidades? Venha conosco!

Conheça a história da acupuntura

A acupuntura é uma técnica da medicina chinesa, sendo considerada um dos mais antigos sistemas para a cura e manutenção da saúde. Ela existe há mais de 5 mil anos, no entanto, veio para o Brasil somente no final do século passado — trazida pelos imigrantes orientais.

Ela foi aplicada pela primeira vez na década de 1950 pelo professor Frederico Spaeth (fisioterapeuta e massoterapeuta). Em 1961, foi fundado o Instituto Brasileiro de Acupuntura (IBRA) e a partir disso a técnica ficou cada vez mais conhecida e procurada.

No entanto, no setor pet, isso demorou um pouco mais para se desenvolver: somente em 2014 é que a acupuntura foi reconhecida como uma alternativa para ajudar nos tratamentos dos animais.

Entenda o que é acupuntura veterinária e confira qual é a sua importância

A acupuntura é uma técnica da medicina complementar que ajuda no tratamento de patologias, como a degeneração do sistema nervoso, muscular e óssea.

Cada ponto da acupuntura leva uma ação específica quando é estimulado. Por isso, a combinação dos pontos é uma excelente alternativa para provocar reações diversas, de acordo com o objetivo do tratamento.

Todavia, ela jamais pode ser utilizada como única forma de tratamento nos casos de patologias. Ela é uma poderosa arma auxiliadora, mas é necessário combiná-la com tratamentos específicos e tradicionais. Veja alguns dos seus principais benefícios:

  • melhorar o sistema gastro-intestinal;
  • tratar lesões na coluna;
  • melhorar o sistema locomotor;
  • combater complicações dermatológicas;
  • favorecer o sistema reprodutivo;
  • ajudar a combater distúrbios e viroses;
  • auxiliar no combate às doenças respiratórias;
  • melhorar o sistema ocular;
  • ajudar com problemas relacionados a estrutura óssea (displasia coxofemoral, artrites, hérnias de disco, artrose e outros;
  • ajudar no combate aos problemas neurológicos;
  • auxiliar no tratamento do câncer.

É importante ressaltar novamente que a acupuntura não cura os animais das doenças, no entanto, serve como um ótimo recurso para ter mais eficácia nos tratamentos tradicionais. Por isso, ela jamais pode ser utilizada como a única ferramenta para a recuperação e a cura de animais.

No tratamento da acupuntura são utilizadas agulhas secas, laser, eletroacupuntura, moxabustão, aplicação de ouro e outras substâncias (vitamina B, solução fisiológica e outros) para estimular os acupontos.

O profissional capacitado escolhe a melhor técnica de acordo com o problema do animal, sugerindo o melhor tratamento. Normalmente, as sessões duram entre 20 e 30 minutos e são necessárias em torno de 10.

No entanto, a duração do tratamento varia de acordo com o tipo de animal e também com o problema apresentado, bem como com a resposta que o organismo dá ao tratamento.

Nesse aspecto, a condição física e a idade do animal também auxiliam para determinar a duração do tratamento. Juntamente com as sessões, podem ser prescritas medicamentos (fisioterápicos ou alopáticos) para proporcionar mais qualidade de vida e bem-estar para o pet.

O mais interessante é que a técnica se assemelha muito com a dos seres humanos, ou seja, são utilizadas agulhas para ativar a energia vital do organismo.

Outro benefício: a técnica não machuca os animais! Pelo contrário, eles costumam ficar bem calmos e tranquilos durante a sessão. Para você ter uma ideia, 70% dos cachorros dormem durante o tratamento.

3 dicas para começar a oferecer esse serviço na sua clínica veterinária

Você se interessou pela acupuntura veterinária? Então, vamos conferir agora mesmo algumas dicas para oferecer esse serviço na sua clínica? Continue a leitura e tenha insights valiosos!

1. Qualifique-se

O primeiro passo para oferecer a acupuntura veterinária é qualificando-se. Por isso, escolha uma instituição de ensino e faça a sua pós-graduação, curso ou especialização.

2. Invista nos equipamentos adequados

Depois de se especializar na técnica, chega o momento de organizar a sua clínica veterinária para atender a demanda. Por isso, liste todos os equipamentos necessários que você ainda não tenha e reserve uma sala para aplicar a técnica.

Como já citamos neste post, existem diversos materiais que você pode utilizar (agulhas secas, laser, eletroacupuntura, moxabustão, substâncias como vitamina B e outros).

3. Divulgue o serviço de acupuntura veterinária

Agora que está tudo dentro da legislação e você tem exatamente tudo o que precisa para implementar a acupuntura veterinária, é hora de divulgar o serviço, investindo muito no marketing para clínica veterinária. Por se tratar de uma técnica pouco conhecida para os animais você vai precisar investir em muitas estratégias de divulgação.

Por isso, abuse do marketing digital a favor do seu negócio! Aqui, uma ideia interessante é gravar diversos vídeos falando sobre a técnica e responder todas as perguntas dos seus seguidores. Quando você encontrar o primeiro animal que for realizar uma sessão com você, invista em um profissional qualificado para criar um roteiro e gravar um vídeo mostrando como funciona a técnica (na prática).

Assim, quando você apresenta como a técnica funciona fica mais fácil para os seus clientes perceberem que é uma ótima alternativa para melhorar a qualidade de vida do pet. Dessa maneira, fica muito mais fácil transformar seguidores em clientes e ver o seu negócio decolar!

A acupuntura veterinária é uma técnica complementar para auxiliar no tratamento de doenças. Ela promove mais qualidade de vida, bem-estar e longevidade para o animal. Por isso, essa tendência está sendo cada vez mais procurada como uma ótima alternativa para melhorar a condição de saúde do pet.

Com este postvocê aprendeu informações importantes sobre o mercado de acupuntura veterinária. Você se interessa por esse tipo de conteúdo? Então, aproveite para ler agora mesmo: terapia floral para animais, o tratamento alternativo que cresce no mercado pet. Boa leitura!

Deixe uma resposta

Fechar Menu