Importância do código do consumidor nas rotinas de um pet shop

Importância do código do consumidor nas rotinas de um pet shop

Quando o assunto é regulação, lei, direitos e deveres dos estabelecimentos, muitas dúvidas vêm à cabeça de quem está à frente do negócio. Quais são as obrigações a seguir? E os direitos? De acordo com Valquíria Furlani, gerente do departamento jurídico do Sindilojas, ainda falta conhecimento sobre o código do consumidor pelos lojistas.

“Eu atuo no segmento há mais de 18 anos, e cada vez eu vejo que o conhecimento, a informação, mesmo com todo esse tempo que nós estamos com o código do consumidor já em vigência, os lojistas ainda carecem muito de informação. A falta de informação traz uma fragilidade frente ao consumidor. É o que sempre digo, o consumidor pode se confundir, o lojista e a equipe de vendas, nunca”, opina a executiva.

Qual o melhor regime tributário para pet shops? Saiba mais nesse artigo.

E sabendo bem de seus direitos e deveres, até mesmo o atendimento oferecido ao cliente fica bem melhor. Por isso, o trabalho de aprimoramento contínuo é de extrema importância. Uma dica do Sindilojas é que o lojista esteja ciente de seus direitos, pois o código do consumidor também estabelece alguns prazos favoráveis para os próprios lojistas. Estar ciente disso é fundamental para evitar, inclusive, problemas na esfera judicial e, melhor ainda, fazendo disso uma rotina preventiva.

Veja mais sobre o assunto no vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Fechar Menu