Terapia floral para animais: tratamento alternativo que cresce no mercado pet

Terapia floral para animais: tratamento alternativo que cresce no mercado pet

Procura por terapia floral para animais tem se tornado cada vez mais comum na clínica veterinária como forma de prevenção e tratamento de diversas doenças que acometem cães e gatos.

Com novos produtos para cães e gatos sempre surgindo no mercado, a última tendência que está fazendo sucesso nas redes de pet shops é a terapia floral para animais. Novidade entre profissionais veterinários e donos querendo testar em seus bichinhos, o produto pode ser uma boa opção como tratamento complementar para equilibrar as emoções deles em diversas situações.

No país, existem diversas empresas que estão entrando nesse mercado, entre elas, a Animal Flowers, que apresenta uma linha exclusiva de produtos para o conforto e bem-estar dos pets, assim como compostos florais para animais, colchonetes, cinta térmica de ervas, almofadas e bandanas. O foco da marca é a fabricação e comercialização de produtos naturais, através do equilíbrio das emoções de cães e gatos.

Leia mais sobre este mercado promissor de terapias alternativas para animais!

Origens dos Florais

De acordo com Luciana Giusti, fundadora da Animal Flowers, a terapia floral nasceu na Inglaterra por um médico homeopata inglês chamado Edward Bach, que descobriu um sistema de cura vibracional através das flores. “Por ser uma terapia vibracional, só trata os desequilíbrios emocionais que podem lavar a distúrbios comportamentais e físicos nos animais e humanos”, explica.

O produto não tem efeito colateral e pode ser usado junto a qualquer outra forma de terapia, seja alopática, homeopática ou outra qualquer. A Animal Flower está no mercado produzindo compostos florais de Bach para animais desde 2000, mas nos últimos três anos, Luciana relata que a procura pelos florais aumentou bastante. “No ano de 2018, tivemos um crescimento de 20% em vendas de florais”.

Como funcionam os florais

Na terapia floral, várias essências podem ser recomendadas para um único paciente. Isso porque os florais trabalham as energias positivas, com o objetivo de equilibrar e sustentar o campo energético do corpo. Os florais para cachorro ou gatos podem melhorar a vida dos peludos de todas as raças, idades, origens e tamanhos.

Segundo pesquisa da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), divulgada em 2018, o Brasil é o 4º maior do mundo em população de animais de estimação. Com mais pessoas levando o seu pet para casa ou apartamento, também cresce a procura por métodos de adestramento, assim inicia a maior demanda por florais no mercado.

Não é à toa que a demanda pelos serviços especializados na área animal está cada vez maior. Mesmo com a crise, as pessoas buscam sempre por uma opinião, produto ou serviço profissional que ajude a melhorar o dia a dia do seu pet. Veja as tendências do mercado pet nesse post.

Indicação

Existem diversos tipos de florais que o médico veterinário pode indicar para tratar o comportamento do pet, por exemplo, floral para adaptação e aprendizado, ansiedade, aversão a banho, carência, medo de fogos, teimosia, tristeza e depressão, entre outros.

E mais: Com consumidores procurando cada vez mais por produtos naturais, muitos ainda tem dúvidas sobre as principais diferenças entre o educador sintético e insumos verdes.

A Animal Flowers explica que produtos sintéticos podem ser mal metabolizados pelo corpo do cão ou gato, pois são substâncias estranhas a ele. Também podem causar alergias e outros efeitos colaterais. “Produtos naturais até podem causar alergias, mas por não serem tão estranhos ao corpo, a chance de contrair qualquer reação é bem menor. No caso dos florais, em nosso controle, não observamos nem alergias e nem efeitos colaterais”.

Este post mostrou um pouco mais sobre o mercado de terapia floral para animais de estimação. Para continuar por dentro de temas relevantes da medicina veterinária, acompanhe nossas redes sociais e Let’s Talk!

Deixe uma resposta

Fechar Menu