Adestramento positivo em grupo funciona? Conheça técnica de especialista

Adestramento positivo em grupo funciona? Conheça técnica de especialista

Promover o adestramento positivo em grupo pode trazer maior facilidade em socializar os cães e interação com outros proprietários.

O profissional que trabalha diretamente com grande número de animais ao mesmo tempo já deve ter se perguntado como manejar cães em grupo sem usar borrifador de água, latinhas barulhentas, gritos com o cão, ou até toques aversivos com os animais. É possível realizar adestramento positivo em grupo sem inserir estímulos aversivos ou adotar punições em busca de mais bem-estar e qualidade de vida?

Com o crescimento da procura por adestramento em animais, novas técnicas no mercado estão surgindo para tornar o trabalho do educador cada vez mais focado em promover bem-estar ao animal e dos seus tutores também. Leia mais tendências do mercado pet nesse post.

Mas, para o trabalho dar certo, deve ter cuidado com ao menos três pontos importantes durante o adestramento em conjunto, entre eles, obter o máximo de entendimento sobre as individualidades do cão.

“Precisamos conhecer as individualidades e preferências desse cão, ou seja, o que ele gosta mais, quais sãos os recursos que você sabe que ele vai disputar, quais sãos as preferências de horários que ele dorme, etc.”, fala Renato Zanetti, zootecnista e especialista em bem-estar animal, idealizador da Dog Solutions.

Dessa forma, é possível ter vários cães no mesmo espaço sem a necessidade punir ou separar, apenas entendendo os gostos de cada um. Muitos utilizam de barulhos ou borrifadas para organiza-los dentro de um ambiente, mas devem lembrar que esses estímulos não promovem emoções positivas no cão.

É preciso reconhecer no cão e no grupo indicadores de bem-estar que vão levar os cães a ficarem mais tempo nesse grupo. “Ter o controle integral do ambiente é impossível, mas dentro das suas capacidades e limitações, você torna o ambiente muito mais previsível e seguro para esse grupo de cães”, completa o especialista.

Na próxima edição da PET South America, uma das palestras do curso Pet Comportamento será sobre o tema “Manejo de cães em grupo livre de estímulos aversivos”, com o Renato. Assista o vídeo e já fique por dentro do que será discutido lá.

Deixe uma resposta

Fechar Menu